Revenda de semijoias: Saiba TUDO sobre ela! (2018)

revenda de semijoias

 

Diferença entre joia e semijoia

Apesar de serem peças fundamentais no guarda-roupa feminino, é muito comum ficarmos em dúvida sobre as características de uma joia ou semijoia. No entanto, há alguns fatores de peso que contribuem para a diferenciação entre cada peça.

joia e semijoia

Composição

Podemos dizer que a composição é o grande diferencial de cada peça. Basicamente, as joias são produzidas a partir de matérias-primas consideradas nobres. É o caso do ouro, ouro branco, prata, platina, além das pedras naturais e preciosas.

As pedras mais utilizadas e procuradas para essa finalidade são os diamantes, cristais, rubis, safiras e esmeraldas. Todo o processo de confecção da peça também é muito detalhado. Em boa parte das vezes, a fabricação é feita manualmente e por um artesão experiente na área.

Mesmo sendo muito parecidas com as joias e tendo o mesmo processo de fabricação, as semijoias são produzidas com materiais não tão nobres, como o bronze, o estanho ou o latão.

Em seguida, as peças passam por um processo de cobertura de um metal mais sofisticado ou, como chamado popularmente, um “banho”. É isso que faz com que o acessório seja denominado “banhado/folheado a ouro”, por exemplo.

Durabilidade

Não há dúvidas de que tanto as joias quanto as semijoias são muito belas e podem valorizar a sua produção. Contudo, a durabilidade pode ser um diferencial entre as peças.

Por serem fabricadas 100% com materiais nobres, as joias oferecem maior qualidade e durabilidade a longo prazo. Já as semijoias têm apenas um banho desses materiais, fazendo com que a sua resistência seja melhor do que a das bijuterias, mas um pouco inferior em relação às joias.

Neste caso, a peça corre mais riscos de apresentar arranhões ou, até mesmo, alterações de cor. Ainda assim, para evitar que a peça tenha a sua aparência prejudicada, muitas pessoas investem em polimentos e outros tipos de reparos bastante eficazes.

Preço

Uma das grandes diferenças entre joia e semijoia está no valor da peça. Em geral, as joias oferecem um preço mais elevado, já que são produzidas com metais nobres ou, em algumas vezes, com pedras preciosas.

Outras questões também podem influenciar na faixa de preço, como a lapidação da pedra, a marca, o acabamento e a quantidade de material. As semijoias têm um preço mais acessível e podem ser encontradas com mais facilidade. Nesse caso, é importante analisar o custo-benefício do acessório.

 

 

Como se tornar uma Revendedora?

A primeira coisa a se fazer é dominar o assunto. Saber sobre o mercado de semijoias e conseguir dicas valiosas é o primeiro passo para você ser uma revendedora, afinal, ninguém quer começar um negócio próprio o qual compreende, não é mesmo?

Para isso, criamos um guia exclusivo para você! Nele, você saberá TUDO sobre como revender semijoias e conseguirá ver se a revenda de semijoias é o melhor caminho para você!

guia da revendedora

Depois, você deverá escolher uma ou algumas empresas para comprar suas semijoias! Escolha com calma, peça ajuda das pessoas próximas à você e não hesite em pedir o maior número de informações possíveis a empresa que escolheu.

Na Brilhe Mais, por exemplo, nós levamos isso muito a sério e você pode comprar suas peças rapidamente pela internet, montamos inclusive um passo-a-passo de como comprar em nosso site! É super fácil! 🙃

Faça um Planejamento de Vendas

Um planejamento de vendas consiste em uma série de procedimentos que partem de uma constante reflexão sobre o seu próprio trabalho e da incorporação de técnicas de marketing e vendas para melhorar a sua performance como vendedora.

Portanto, planejar uma estratégia de vendas lhe dará diretrizes que ajudarão você a conquistar mais e melhores clientes, a organizar o seu investimento e a bater suas metas. Afinal, a estratégia deixará a sua atuação como vendedora mais adequada ao mercado que você está tentando conquistar.

Como fazer um planejamento de vendas completo?

Quando falamos de planejamento de vendas, há 4 pontos sobre os quais você não pode deixar de pensar:

  1. A identidade dos clientes;
  2. O tamanho do seu investimento;
  3. As metas;
  4. O seu próprio desempenho.

Portanto, ao elaborar o seu planejamento de vendas, não se esqueça de:

1. Escolher os seus clientes

O primeiro ponto de um planejamento de vendas de sucesso é a identificação do seu público-alvo. Se você não tiver em mente quem são os seus clientes, tanto os seus produtos quanto o seu atendimento terão menos apelo, e uma experiência despersonalizada assim não será tão bem-sucedida.

Tenha em mente também que fidelizar os seus clientes para que eles comprem mais é muito mais barato do que procurar novos. Sendo assim, não deixe de explorar o potencial da sua clientela.

2. Estabelecer um orçamento

Você também precisa planejar os gastos — e isso não envolve somente o investimento referente à compra dos produtos para revenda, mas outras despesas que surgem do processo de venda. Por exemplo: gastos com transporte, brindes, embalagens, comissões etc.

Para garantir que os seus lucros não se abalem com tudo isso, é fundamental que você levante um orçamento que abarque essas questões e se esforce para não ultrapassá-lo.

3. Definir metas

Semanal ou mensalmente, você deve ter metas de venda compatíveis com a qualidade e a quantidade de clientes de que dispõe e que a permitam atingir o retorno necessário para o seu investimento — tendo em vista a margem de lucrodos seus produtos.

É importante lembrar que suas metas sejam agressivas, mas também realistas. Afinal, você não quer contar com uma expectativa de lucro irreal e se comprometer com gastos que não terá como arcar, certo?

4. Acompanhar o seu desempenho

Nenhum planejamento é perfeito. Portanto, é muito importante que você registre todas as informações referentes à entrada e à saída de produtos, ao investimento e ao retorno obtido a cada estratégia, aos clientes e o que eles costumam comprar etc.

Tudo isso compõe um conjunto de dados valiosos para que você possa avaliar o seu sucesso e a pertinência de determinadas estratégias. Assim, você poderá identificar onde acertou e onde errou e reelaborar o seu planejamento de vendas para deixá-lo mais afiado.

Vender não é apenas um dom. Pelo contrário, é um emaranhado de técnicas diferentes. É justamente por isso que um planejamento é tão importante. Ele vai ajudá-la a refletir sobre diversos fatores fundamentais para o seu negócio. Siga nossas dicas, planeje uma estratégia e venda mais!

 

Como ser uma Revendedora de Sucesso?

Revender semijoias dá dinheiro, é verdade, e pode servir tanto como uma atividade para complementar a renda quanto como o início de uma nova carreira. Mas acreditamos que, esteja você em qualquer um desses lados da moeda, saber como se diferenciar como uma revendedora de sucesso é fundamental para alcançar os seus objetivos.

E, como poucas coisas nos estimulam tanto quanto ver nossas parceiras se desenvolvendo, achamos que este post pode ser perfeito para você! A seguir, nós reunimos 5 dicas de ouro para você, que deseja se tornar — ou aperfeiçoar seus conhecimentos como — uma revendedora de sucesso. Confira, e inspire-se em nossas sugestões!

1. Conheça os seus produtos

Uma revendedora de sucesso conhece tanto o seu público quanto as semijoias que comercializa. Afinal de contas, o caminho mais sólido para a fidelização de clientesconsiste em pavimentar essa relação com agilidade, prestatividade e todas as respostas na ponta da língua. Isso inclui saber:

  • Como funciona o processo de confecção de suas joias;
  • A durabilidade das peças;
  • Os cuidados a serem tomados;
  • Sugestões para combinar as peças com o estilo de suas clientes;
  • Dicas de conservação.

Entre outras questões que ajudam fortalecer o elo com seu público e a tornar você uma referência no seu ramo de atuação.

2. Invista em marketing pessoal

Revendedoras de sucesso são tão impactantes quanto as semijoias que elas comercializam. Afinal de contas, elas tendem a ser o atendimento, o pós-venda, o marketing e qualquer outro setor de sua marca. Daí a importância em investir no marketing pessoal.

Exercite suas abordagens e tom de voz de acordo com o perfil do seu público-alvo, mas sem perder o foco na identidade que você deseja agregar para o seu negócio. Use as semijoias que você vende, pois isso também mostra que você confia na marca que revende. E, claro, foco em um atendimento solícito, gentil e seguro.

revendedora de sucesso

3. Seja persistente e tenha paciência

Todo negócio tem um ciclo de vida próprio. Alguns se desenvolvem em poucos meses, enquanto outros tardam mais para devolver o lucro esperado. É importante que você tenha, ao longo de todo esse percurso, persistência e boa dose de paciência.

Primeiro, porque o seu atendimento e as semijoias de qualidade que você vende são diferenciais que enraízam na mente de suas clientes com o tempo. E também porque o desenvolvimento do seu negócio é uma consequência direta do seu empenho e persistência.

Quanto mais se dedicar, portanto, mais você estará presente quando suas clientes — e clientes em potencial — necessitarem dos seus serviços e produtos.

4. Use a tecnologia para ser uma revendedora de sucesso

Além do boca a boca, você pode complementar a dica anterior fazendo um uso estratégico de ferramentas tecnológicas, sabia? Uma revendedora de sucesso consegue integrar bem suas ações presenciais e digitais. Isso atrai mais clientes e fideliza as que já compram com ela.

Para isso, sugerimos o uso de:

  • E-mail;
  • WhatsApp;
  • Redes Sociais.

Cada uma dessas ferramentas possui diferenciais que podem ser agregados para você personalizar o atendimento, tornar o contato com você mais ágil e conveniente e, ainda, gerar novos canais de vendas para a sua revenda de semijoias.

5. Controle suas finanças

Por fim, uma revendedora de sucesso tem controle não apenas do seu mostruário, mas de suas finanças também. Afinal de contas, é com uma boa saúde financeira que você renova as peças à disposição das clientes, investe em infraestrutura e melhorias e também gera os lucros desejados.

Dessa maneira, recomendamos que você registre todos os custos mensais, os fixos e variáveis! Lembre-se de fazer uma boa precificação para que o seu negócio seja rentável em pouco tempo.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo